Laser não ablativo

Como funciona o tratamento com Laser não ablativo?

Estes laser têm uma ótima afinidade pela hemoglobina (presente no sangue), mas também pela melanina (pigmento que dá cor à pele, cabelos), e pelo conteúdo de água das células. Dessa forma, ele apresenta diversas indicações, como o tratamento de telangiectasias (vasinhos da face, principalmente, mas também das pernas), tratamento de alguns tipos de manchas causadas pelo sol e o rejuvenescimento não-ablativo, que consiste em aquecer de forma controlada as camadas mais profundas da pele, causando, desta forma, uma estimulação à formação de novas fibras colágenas, principais responsáveis pelo tônus e firmeza da pele e atenuação de rugas finas.

O paciente que mais se beneficia desta modalidade de tratamento é aquele com dano leve a moderado da pele, com flacidez discreta em alterações consistindo de rugas finas, manchas simples e aqueles com vermelhidão difusa ou telangiectasias. O procedimento é realizado em sessões com intervalos variados, dependendo do que se quer tratar, podendo até ser em sessão única, no caso de queixas vasculares. Normalmente é muito bem tolerado, resultando apenas em suave sensação de aquecimento ou leve ardência que se resolvem rapidamente, deixado apenas vermelhidão local discreta e transitória.